Cursos

  1. Jeanne Lanvin - Moda e Decoração

    25/04
    Jeanne Lanvin - Moda e Decoração

    O bom gosto de Jeanne Lanvin é celebrado no mundo todo. Nesta palestra, a pesquisadora Giselle Padoin fala sobre a mulher empreendedora e independente que se tornou uma das estilistas mais influentes do Século XX. Suas peças sofisticadas davam liberdade às mulheres sem abrir mão da feminilidade e jovialidade, misturando referências diversas e tecidos exóticos para criar modelos que se tornaram verdadeiros clássicos. Pioneira, Madame Lanvin entendia a moda de maneira ampla, associando-a a um estilo de vida. Foi uma das primeiras designers a criar quatro coleções anuais e integrar linhas de noiva, beleza, moda masculina, acessórios e sportswear, além de lojas dedicadas à decoração. Fazia questão de que tudo fosse realizado internamente para atingir um alto padrão de excelência e exclusividade. Não à toa, a Lanvin é a mais antiga grife em funcionamento até hoje e a figura de Jeanne uma das mais admiradas do mundo da moda.

    Giselle Padoin
    É pós-graduada em Estudos Avançados da Língua Inglesa pela PUCRS, curadora independente e pesquisadora de moda e arte. Realizou palestras de moda e tendências para a Joalheria H.Stern. Ministrou cursos de História da Moda e joalheria no Istituto Europeo di Design/SP e PUCRS. Foi curadora de exposições de moda e cultura para o Moinhos Shopping e história da moda para o Shopping Iguatemi. Cursou cultura da moda na Central Saint Martins - University of Arts London, em Londres e no Institute Français de la Mode, em Paris. Realiza pesquisas no acervo do Palais Galliera, museu da moda de Paris e no Fashion Institute of Technology de Nova York. Assina a coluna de moda e cultura -`Haute Couture´, para a Revista Versatille.

    Período: 25.04

    Dia: Quarta-feira

    Horário: das 19h45 às 21h30

  2. Escrita criativa de ficção

    28/04
    Escrita criativa de ficção

    Escrever requer cuidado, ritmo, conhecimento e muito, muito treino. A prosa de ficção é o objeto de estudo deste curso, ministrado pelo escritor Luiz Ruffato. Durante os encontros, os participantes serão estimulados a analisar seus textos em conjunto e, a partir dos assuntos trazidos, surgirão importantes questões teóricas para este tipo de literatura. Em um sábado repleto de aprendizado, vamos viajar pelo universo da escrita fictícia através de nossas próprias palavras.

    Ah, e não esqueça: cada participante deve levar um texto de autoria própria com até oito mil caracteres (conto ou trecho de romance).

    Luiz Ruffato
    Escritor, lançou Eles eram muitos cavalos (2001), Estive em Lisboa e lembrei de você (2009), Flores artificiais (2014), De mim já nem se lembra (2015) e Inferno provisório (2016), todos romances; As máscaras singulares (poemas, 2002) e Minha primeira vez (2014, crônicas); e A história verdadeira do Sapo Luiz (2014, infantil); e A cidade dorme (contos, 2018). Seus livros ganharam os prêmios Machado de Assis, APCA (duas vezes), Jabuti (duas vezes) e Casa de las Américas e estão publicados na Argentina, Colômbia, Cuba, México, Estados Unidos, Portugal, França, Itália, Alemanha, Finlândia e Macedônia. Em 2012 foi escritor residente na universidade de Berkeley (EUA) e em 2016 recebeu o Prêmio Internacional Hermann Hesse, na Alemanha. Mantém uma coluna semanal no jornal El Pais – Brasil e é consultor de literatura no Instituto Itaú Cultural.

    Período: 28.04.2018

    Dia: Sábado

    Horário: das 10h às 13h e das 14h às 17h (1h de intervalo)

  3. Vale-presente

    Vale-presente

    Presenteie com o conhecimento!

    Oferecemos cursos livres de curta duração nas mais diversas áreas do saber. São atividades idealizadas para pequenos grupos, com professores renomados e um ambiente acolhedor. 

    Como funciona: o presenteado recebe o código do vale-presente e, com ele, poderá se inscrever em qualquer curso do Instituto Ling em 2018, através de nosso site.

    Além do conhecimento, você presenteia também com novas amizades, novos interesses e novas experiências.

  4. Decifrando o Cinema: uma introdução à linguagem audiovisual

    02/05
    Decifrando o Cinema: uma introdução à linguagem audiovisual

    Curso destinado a enriquecer a experiência de assistir a um filme, uma série ou qualquer outra obra audiovisual, e a introduzir ferramentas básicas para quem quer experimentar com a realização. Trata de como forjou-se a linguagem audiovisual e como evoluiu, através dos tempos e das mudanças tecnológicas que transformaram o cinema.

    Jaime Lerner
    Jaime Lerner é escritor e cineasta premiado em vários festivais no Brasil e no exterior. Seus trabalhos mais recentes são a mini série Caixa Preta e o romance O Fazedor da Utopia, lançados em 2017. Foi professor de audiovisual na UNISINOS e na PUC-RS. Resenha livros, filmes e séries no Blog do Lerner usando em suas análises o ponto de vista do realizador.

    Período: 02, 09 e 16.05

    Dia: quartas-feiras

    Horário: das 19h30 às 21h30

  5. Oficina de colagem com Carla Barth

    28/04
    Oficina de colagem com Carla Barth

    Uma oficina pensada para quem nunca teve contato com a técnica ou para aqueles que já trabalham com imagens e que gostariam de experimentar a criação de maneira colaborativa. Explorando as possibilidades que a técnica pode oferecer, a artista Carla Barth parte da colagem para a realização de exercícios livres de composição e de criação em design gráfico. De maneira despretensiosa e divertida, os participantes irão conhecer mais sobre a técnica que passou por movimentos artísticos importantes, como o Cubismo e o Dadaísmo, e que cativou o gênio das cores e das formas, Henri Matisse.

    Carla Barth
    Formada em Comunicação pela PUCRS, estudou desenho e escultura no Atelier Livre (RS). Participou de diversas exposições coletivas e individuais, entre elas: Ateliê Aberto (SP), Museu do Trabalho (RS), Santander Cultural (RS), Galeria Laura Marsiaj (RJ), Galeria Choque Cultural (SP), CCBB Brasília, no Pavilhão das Culturas Brasileiras (SP) e no MACRS (foi finalista do concurso Jovem Artista em 2005). No exterior, participou de mostras em nos EUA, Espanha, França, Itália, Taiwan e Colômbia. Ministrou cursos e palestras sobre arte pública, processo artístico, desenho e escultura. Fez parte de publicações como Juxtapoz (EUA), +SOMA (BR), G.O.B (EUA), Clam Magazine (FR), Amelia's Magazine (UK), BIG-SUR (AR), Moloko (RU), entre outras. Trabalha com ilustração e arte aplicada para marcas e clientes como Adidas, Melissa, Absolut, Zapatilhas Puro (AR), Alcaçuz, Redley, MTV, Element BR e Santander Cultural.

    Período: 28.04.2018

    Dia: Sábado

    Horário: das 14h às 18h

  6. Culinária Infantil - Minha mãe é um doce

    05/05
    Culinária Infantil - Minha mãe é um doce

    Essa oficina gastronômica é inspirada no mês das mães. Nessa atividade, as crianças vão aprender a fazer um bolo de chocolate, feito a base de cacau e farinha integral. Os pequenos também vão customizar uma marmitinha para presentear suas mães com essa delícia. A oficina proporciona uma experiência lúdica, despertando a criatividade das crianças e mostra que comer doce também pode ser saudável.

    Essa atividade destina-se para crianças a partir dos 8 anos.

    Graciela Martins
    Graciela Martins é cozinheira formada pelo SENAC-RS. Tem no currículo passagem pelas cozinhas do Chef Marcos Livi, do Quintana e Veríssimo Bar, e do Chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó e Esquina Mocotó, todos em São Paulo, além de ter trabalhado ao lado de chefs gaúchos como Carlos Krinstensen, do Hashi, e Marcelo Schambeck, do Del Barbiere.
    Graciela ministra oficinas para adultos e desde 2015, desenvolvendo um trabalho de educação alimentar, ao ensinar crianças de todas as faixas de idade a cozinharem de forma lúdica e saudável. O trabalho inclui o aprendizado sobre hortas, meio ambiente e nutrição, sempre utilizando a culinária como ferramenta.
    Além do trabalho com as oficinas, a Chef presta consultoria a bares e restaurantes e tem se dedicado à criação do blog A Graça na Cozinha, ainda em fase de desenvolvimento. O instagram @agraçanacozinha é o aperitivo de tudo que irá acontecer na plataforma digital, que vai abordar temas como saúde, hortas, viagens, estilo de vida e culinária.

    Período: 05.05.2018

    Dia: Sábado

    Horário: das 15h às 18h

  7. A ilusão de Poder nas relações humanas

    10/05
    A ilusão de Poder nas relações humanas

    A humanidade construiu um dispositivo emocional muito fascinante: a ilusão de poder. O resultado mais extraordinário e dramático em todos os níveis da existência está em tornarmos a ideia superior a vida.  Quer dizer,  sermos o centro do mundo e com a sensação de controlarmos tudo.  Já o amar, oposto da ilusão de poder é algo que precisa ser construído. Trata-se da aceitação diária de que não somos o centro do mundo e de que não podemos tudo. Ou seja, a vida é maior que a ideia e precisa ser investigada. Nestes encontros, o psicanalista Julio Walz reflete sobre nossas tendências comportamentais, a fim de desconstruir determinados padrões de pensamento e estimular encontros humanos e verdadeiros. 

    Julio Walz
    Julio Cesar Walz é psicólogo clínico desde 1992, psicanalista e especialista em psicoterapia da adolescência e drogadicção. Doutor em ciências médicas pela UFRGS e professor da UNILASSALLE no curso de Psicologia e Mestrado em Saúde e Desenvolvimento Humano. Walz é autor de dois livros: O Sentimento De Culpa e Aprendendo a Lidar com os Medos: A Arte de Cuidar das Crianças.

    Período: 10, 17 e 24.05

    Dia: Quintas-feiras

    Horário: das 19h30 às 21h30

  8. Vale-presente

    Vale-presente

    Presenteie com o conhecimento!

    Oferecemos cursos livres de curta duração nas mais diversas áreas do saber. São atividades idealizadas para pequenos grupos, com professores renomados e um ambiente acolhedor. 

    Como funciona: o presenteado recebe o código do vale-presente e, com ele, poderá se inscrever em qualquer curso do Instituto Ling em 2018, através de nosso site.

    Além do conhecimento, você presenteia também com novas amizades, novos interesses e novas experiências.

  9. Audições Comentadas de Jazz - Bill Evans

    10/05
    Audições Comentadas de Jazz - Bill Evans

    Ministério da Cultura e Instituto Ling apresentam:

    Noites dedicadas ao Jazz. A música que nasceu nos Estados Unidos no início do século passado, tem suas raízes na música negra americana, como o blues, as work songs e o ragtime. O jornalista Paulo Moreira retorna ao Instituto Ling para promover uma verdadeira ode ao ritmo que conquistou o mundo e demonstrou toda sua versatilidade em diferentes estilos. Nessa edição, você vai apreciar o jazz de Bill Evans, com interpretações do pianista Michel Dorfman.

    Esta atividade tem patrocínio da Crown Embalagens e financiamento do Ministério da Cultura, Governo Federal.

    Inscrições:

    Inteira: R$ 40,00

    Meia-Entrada: R$ 20,00*

    *para meia-entrada - estudantes, pessoas com deficiência e com mais de 60 anos, escreva para educativo@institutoling.org.br e solicite seu cupom de desconto. Na data do evento, apresente sua identificação.

    Paulo Moreira e Michel Dorfman

    O jornalista Paulo Moreira tem 33 anos de carreira, sendo que mais de 20 dedicados à produção, redação e radiodifusão de conteúdos musicais, desde a Rádio 102 FM, de 1994 a 1996, quando produziu o programa “Jam Session”, apresentado por Ruy Carlos Ostermann. De 1997 a 1999, exerceu crítica de música e cinema no jornal Correio do Povo e, a partir de julho de 1999, produz e apresenta o programa Sessão Jazz nos 107,7 da FM Cultura. Realizou cursos sobre História do Jazz e do Rock durante 4 anos dentro da programação do Studio Clio.


    Michel Dorfman iniciou seus estudos musicais com seu pai, o maestro Paulo Dorfman, e, a partir de 1989, começou a atuar como pianista na extinta Orquestra Popular de Porto Alegre. Formado em Composição na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atua em projetos paralelos como produtor, pianista e arranjador. Participou de discos de músicos como Frank Solari, Hique Gome e Jorginho do Trompete.

    Período: 10.05

    Dia: quinta-feira

    Horário: das 19h30 às 21h30

  10. Códigos do Vestir: rupturas na história da Moda

    10/05
    Códigos do Vestir:  rupturas na história da Moda

    Ao longo da história o homem encontrou na ornamentação do corpo e no vestuário uma forma de comunicar sua identidade e ao mesmo tempo de diferenciar-se dos demais dentro de seu grupo, e do seu grupo em relação aos outros grupos sociais. A evolução e as transformações das sociedades acabaram por desenvolver a moda e seu sistema, incutindo práticas culturais e significados para o vestir. O curso possibilita o estudo e a análise da moda como reflexo do momento em que está inserida, apresentando os principais personagens da história que, através de suas expressões individuais, promoveram transformações dos códigos de vestir estabelecidos na sociedade de seu tempo.

    Beth Venzon
    Professora do Curso de Design de Moda da Universidade de Caxias do Sul, ministra atividades nas áreas de História e Cultura de Moda. Especialista e pesquisadora de moda, cultura e identidade, com formação realizada no Brasil e na Itália. Como consultora, aproxima conceitos de moda, arte, educação e design, organizando a cadeia de informações e elaborando o DNA de empresas e os conceitos de seus produtos.

    Período: 10 e 17.05.2018

    Dia: Quinta-feira

    Horário: das 19h30 às 21h30