Exposição Gisela Waetge

30/11

Mais Imagens

Details:

De 30 de novembro de 2016 a 13 de abril de 2017, o Instituto Ling apresenta exposição com cerca de 50 obras de Gisela Waetge, artista que faleceu precocemente em 2015. Com curadoria de Eduardo Veras e Luísa Kiefer – filha de Gisela – a mostra traz trabalhos representativos dos seus dois últimos anos de vida quando, em função de seu tratamento médico e das limitações físicas impostas pela doença, trocou as grandes escalas por obras de tamanho reduzido.


No recorte escolhido pelos curadores, a exposição apresenta características que acompanharam a produção da artista em diferentes fases, e conduz o visitante a perceber a mudança de escala e a experimentação que a instigou até o final. Destacam-se os desenhos inéditos feitos com diferentes materiais – pequenos cadernos, blocos, folhas e papéis avulsos, grafites, lápis de cor, canetas nanquim e réguas – que evidenciam a sequencia do pensamento artístico de Gisela naquele momento, mais imediato, visível e com grande experimentação.


Além dos desenhos, são apresentadas três pinturas, que representam os trabalhos de grandes dimensões e levam em conta o espaço expositivo do Instituto Ling. O processo de trabalho e criação da artista também está presente na exposição, em forma de estudos, materiais de trabalho e pesquisa, esboços e em um livro que Gisela desenhou durante o período em que esteve hospitalizada. Sua última exposição em vida foi na Galeria Gestual em 2013, quando lançou, pela série Documento Areal, o livro 105 Dias - Desenhos para os meus amigos, desenhos para viver melhor. Gisela faleceu em 6 de agosto de 2015, em Porto Alegre.


A exposição tem patrocínio da Fitesa e financiamento do Governo RS | Sistema Pró-Cultura | Lei de Incentivo à Cultura.

Data: De 30 de novembro de 2016 a 13 de abril de 2017

Local: Galeria do Instituto Ling

Horário: SEGUNDA A SEXTA DAS 10H30 ÀS 22H; SÁBADOS DAS 10H30 ÀS 20H

GISELA WAETGE

Nascida em 1955, em São Paulo, Gisela Waetge mudou-se para Porto Alegre em 1980, onde iniciou sua carreira como artista plástica. Ao longo de sua trajetória, Gisela participou de exposições coletivas nacionais e internacionais. Suas obras fazem parte das coleções do Museu de Arte Contemporânea de Brasília; do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul; da Coleção de Arte Construtiva de Julio María Sanguinetti, no Uruguai; da Fundação Vera Chaves Barcellos, em Viamão; do Patrimônio Artístico da Prefeitura Municipal de Santo André, em São Paulo; e da Pinacoteca Aldo Locatelli, em Porto Alegre; além de coleções particulares. 

Legenda: Sem título | ca. 2006 | pigmento e acrílica sobre papel | 15 x 21 | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto

 

Obras

  • Sem título | 2008 | grafite e lápis de cor sobre papel | 65 x 73 cm | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto

  • Sem título (Quadrado Azul) | 2005 | pigmentos e acrílica sobre tela | 117 x 117 cm | Foto: Fabio Del Re/Viva Foto

  • Sem título | 2008 | grafite e lápis de cor sobre papel | 55 x 72 cm | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto

  • Sem título | 2009 | grafite e lápis de cor sobre papel | 45 x 60 cm | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto

  • Sem título (Quadrado Verde) | 2005 | pigmentos e acrílica sobre tela | 117 x 117 cm | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto

  • Sem título | 2006 | pigmentos e acrílica sobre papel | 20 x 25 cm | Fotografia: Fabio Del Re/Viva Foto