Arte

  1. Arte Contemporânea agora: Bienal de Veneza, Documenta 14 e Skulptur Projekte

    29/08
    Arte Contemporânea agora: Bienal de Veneza,  Documenta 14 e Skulptur Projekte

    Os três principais eventos da arte mundial, que numa rara coincidência de calendário acontecem simultaneamente em 2017, animam o debate acerca do papel da arte na atualidade, da multidisciplinaridade que alimenta sua produção e o diálogo direto que estabelece com a cultura contemporânea. Como um roteiro de viagem, o curso oferece um rico painel sobre tais relações, partindo das principais obras apresentadas nas três mostras, evidenciando os manifestos presentes em cada produção.

    Eduardo Motta
    Nasceu em Minas Gerais, vive em Porto Alegre desde 2015. Estudou Artes Visuais na Universidade Federal de Minas Gerais e foi aluno do escultor Amílcar de Castro. É diretor criativo e editor de conteúdos da Radar Consultoria. Autor dos livros: O Lugar Maldito da Aparência, 2014, Editora Estação das Letras; Meu Coração Coroado, 2016, Editora Senac; Alfaiatarias: Radiografia de um Ofício Incomparável 2017, Editora Senac; Colaborador da revista Dobras – SP

    Período: 29.08 e 05.09 de 2017

    Dia: terça-feira

    Horário: das 19h30 às 21h30

  2. Elaboração, planejamento e gestão de projetos culturais - Módulo I

    15/09
    Elaboração, planejamento e gestão de projetos culturais - Módulo I

    O curso Elaboração, Planejamento e Gestão de Projetos Culturais apresenta todas as etapas que envolvem a produção cultural, desde a elaboração do projeto, sua financiabilidade através das leis de incentivo, fundos e editais, chegando na captação de recursos e na realização da atividade. Ministrado por Alexandre Vargas, produtor cultural com sólida experiência no mercado cultural, o curso está organizado em dois módulos independentes que tratam das práticas que envolvem o sistema da cultura, seguindo os critérios artísticos, sociais e econômicos que garantem a sustentabilidade e o bom desempenho dos projetos.

    Confira também o Módulo II do curso, que acontece na semana seguinte ao Módulo I.

    Alexandre Vargas
    Alexandre Vargas é diretor do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre e consultor na área cultural e de patrocínios em empresas e centros culturais, além de integrante da REDELAE – Rede Latino-americana de Artes Cênicas. Fundador do CPTA – Centro de Pesquisa Teatral do Ator (2003). Graduando em Gestão Pública e professor da disciplina de Direção e Liderança na École dês Hautes Études Comerciales de Montreal (HEC). Foi o idealizador, diretor, coordenador e administrador do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

    Período: 15 e 16.09 de 2017

    Dia: Sexta e Sábado

    Horário: Sexta das 19h às 22h e sábado das 11h às 18h

  3. Oficina de Introdução à aquarela

    16/09
    Oficina de Introdução à aquarela

    A partir da apresentação de algumas técnicas em aquarela e nanquim, os participantes poderão experimentar os desdobramentos através das variações da técnica aguada. Neste curso, estaremos voltados para a exploração de texturas, reações, manchas, além de estudos sobre volume e transparência em aquarela. Além disso, haverá um momento de familiarização com materiais como pincéis e papéis específicos e suas utilizações. Descobrindo e desbravando o universo fluido que o recurso aguado pode oferecer, serão desenvolvidos trabalhos individuais e coletivos, voltados para o processo criativo de cada um. Não é necessário conhecimento prévio da técnica ou experiência no campo das artes. Ao longo dos dois dias, a ministrante levará referências artísticas produzidas a partir das técnicas trabalhadas em aula.

     

    *Os materiais estão inclusos no valor da matrícula.

    Chana de Moura
    Chana de Moura é artista visual e trabalha com arte e educação desde 2012, quando começou a explorar a área através do Projeto Educativo da Fundação Iberê Camargo. Formanda em Artes Visuais pela UFRGS, realiza seu trabalho artístico em diversas mídias, sendo mais recorrente o desenho em técnicas mistas, gravura em metal e objetos. Seus trabalhos já circularam por diversas exposições no Brasil e no mundo, entre mostras coletivas e individuais. Nos últimos anos vem ministrando diversas oficinas e cursos voltados para públicos diversos e também tem figurado em palestras sobre experimentação em arte e fotografia artística.

    Período: 16 e 23.09 de 2017

    Dia: Sábados

    Horário: das 14h30 às 17h30

  4. Elaboração, planejamento e gestão de projetos culturais - Módulo II

    22/09
    Elaboração, planejamento e gestão de projetos culturais - Módulo II

    O curso Elaboração, Planejamento e Gestão de Projetos Culturais apresenta todas as etapas que envolvem a produção cultural, desde a elaboração do projeto, sua financiabilidade através das leis de incentivo, fundos e editais, chegando na captação de recursos e na realização da atividade. Ministrado por Alexandre Vargas, produtor cultural com sólida experiência no mercado cultural, o curso está organizado em dois módulos independentes que tratam das práticas que envolvem o sistema da cultura, seguindo os critérios artísticos, sociais e econômicos que garantem a sustentabilidade e o bom desempenho dos projetos.

    Alexandre Vargas
    Alexandre Vargas é diretor do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre e consultor na área cultural e de patrocínios em empresas e centros culturais, além de integrante da REDELAE – Rede Latino-americana de Artes Cênicas. Fundador do CPTA – Centro de Pesquisa Teatral do Ator (2003). Graduando em Gestão Pública e professor da disciplina de Direção e Liderança na École dês Hautes Études Comerciales de Montreal (HEC). Foi o idealizador, diretor, coordenador e administrador do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

    Período: 22 e 23.09 de 2017

    Dia: Sexta e Sábado

    Horário: Sexta das 19h às 22h e sábado das 11h às 18h

  5. O Modernismo na Cultura Brasileira: aproximações entre a arquitetura e as demais artes

    22/11
    O Modernismo na Cultura Brasileira: aproximações entre a arquitetura e as demais artes

    Susanne Langer, especialista em Filosofia da Arte, uma vez disse que não haviam casamentos felizes entre as artes, apenas violações bem-sucedidas. Apesar disso, a integração entre as artes foi uma ideia extraordinariamente potente, na construção de uma tradição moderna nacional. Desde o envolvimento das vanguardas artísticas num projeto comum de renovação, sinalizado pela Semana de Arte Moderna de 1922, em São Paulo, à construção de Brasília, a contribuição brasileira ao modernismo internacional esteve marcada por um diálogo particular entre arquitetura e arte. O curso enfoca o modernismo na cultura brasileira desde o ponto de vista da arquitetura, através de uma abordagem que busca recompor a rica trama de relações que se estabelece, no âmbito da tradição moderna, entre a arquitetura e as demais manifestações artísticas. Os murais de Cândido Portinari nos edifícios de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, as esculturas de Alfredo Ceschiatti nos espaços de Brasília, os jardins de Burle Marx, a museografia de Lina Bo Bardi, estão entre os diversos exemplos examinados. Encerrando com Inhotim, o curso indaga sobre as relações entre essa tradição e a contemporaneidade.

    Cláudia Costa Cabral
    Arquiteta e Mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Doutora em Arquitetura pela Universitat Politecnica de Catalunya, UPC, Barcelona. Professora Associada do Departamento de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coordenadora do Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PROPAR-UFRGS). Pesquisadora do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, líder do Grupo de Pesquisa Estudos de Arquitetura Moderna Latino-americana (UFRGS/CNPq). Coordenadora Geral de Docomomo Brasil no biênio 2012-2013. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em projeto, teoria, história e crítica de arquitetura. Autora de artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais; professora convidada em universidades brasileiras e estrangeiras (UPC, Barcelona; Pontificia Universidad Católica de Chile; Universidad Central de Venezuela; Universidad Nacional de Rosario, Argentina).

    Período: 22 e 29.11.2017

    Dia: quartas-feiras

    Horário: das 19h30 às 21h30

  6. Os castelos do Vale do Loire

    Os castelos do Vale do Loire

    Sem estoque

    Conhecido como o “Jardim da França”, o Vale do Loire abriga uma série de castelos majestosos que ajudam a contar boa parte da história da França. São fortalezas que receberam reis, rainhas, nobres, artistas e tantos outros personagens de vulto histórico. Leonardo Da Vinci, François I, Charles VII, Joana D’Arc, Catarina de Medici, Voltaire. O curso trata do grande nascimento arquitetônico destes castelos, relacionando as personalidades ilustres e as histórias pitorescas que marcaram estas construções.

    Investimento:

    Até 27.05: R$ 480,00 ou 6 X R$ 80,00

    A partir de 28.05: R$ 576,00 ou 6 X R$ 96,00

    Tânia Bian e Angela Wolf
    Tânia Bian e Angela Wolf são reconhecidas por ministrar cursos sobre História da Arte e por organizar viagens culturais aos principais museus de Arte da Europa e do Oriente. O entusiasmo e a paixão pela história “não-oficial” são características marcantes que, unidas ao conhecimento dos detalhes mais íntimos da História da Arte, definem o perfil das professoras.

    Período: de 10 a 24.06

    Dia: sextas-feiras

    Horário: das 14h às 16h

  7. Desenhando livremente com Renata Rubim

    Desenhando livremente com Renata Rubim

    Sem estoque

    Através do desenho vamos trabalhar diferentes aspectos nossos, internos e por vezes escondidos, como criatividade, confiança e a capacidade de nos expressarmos. Renata Rubim vai mostrar como técnicas simples abrem novos olhares para as cores, traços e texturas. Para participar basta disposição e alguma familiaridade com o lápis.
    Renata Rubim
    Designer de superfícies e consultora de cores. Autora de “Desenhando a Superfície”, Editora Rosari, colabora com a difusão do design em projetos industriais e educativos. Seus projetos, a frente do escritório Renata Rubim Design & Cores, já receberam diversos prêmios nacionais e internacionais.

    Período: dia 07.11 ( 1 encontro )

    Dia: sábado

    Horário: das 10h30 às 17h30

  8. Transformações da arte moderna para a arte contemporânea

    Transformações da arte moderna para a arte contemporânea

    Sem estoque

    Como definir arte moderna e arte contemporânea? Quando passamos do moderno ao contemporâneo? Muitas vezes nos deparamos com a dificuldade de compreender obras de arte com produção no século XX. A arte moderna traz contornos específicos que sugerem uma riqueza de dados merecedores de estudos. No entanto, a partir dela, as transformações do fenômeno artístico na contemporaneidade se mostram fundamentais para se poder compreender, não apenas esta arte, mas também o próprio mundo, mostrado pela arte. Esses encontros buscam elucidar o sentido dessas transformações e indicar caminhos para se apreciar tantas das contribuições que a arte hoje nos oferece.

    Mônica Zielinsky
    Mônica Zielinsky é curadora independente, historiadora da arte e professora na graduação e pós-graduação no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coordenou a catalogação da obra completa de Iberê Camargo na Fundação Iberê Camargo. É doutora em Artes Plásticas na Universidade de Paris I. Publicou, entre outras, Fronteiras: arte, crítica e outros ensaios (org.), UFRGS (2003), Iberê Camargo - Catálogo raisonné: gravuras / volume I (org.), Cosac y Naify (2006) e Heloisa Schneiders da Silva. Obra e escritos (org.), MARGS (2010). Foi coordenadora do Curso de Formação na 4ª Bienal do Mercosul (2003) e integrou o Conselho Curador da Fundação Iberê Camargo de 2001 a 2008, o Conselho Consultivo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul de 2008 a 2010 e de 2011 a 2013. Integrou o Conselho Curatorial do projeto RS Contemporâneo – 2014, no Santander Cultural de Porto Alegre.

    Período: de 24.08 a 14.09 ( 3 encontros )

    Dia: segundas-feiras

    Horário: das 19h30 às 21h30

  9. As Amantes na História

    As Amantes na História

    Sem estoque

    Elas influenciaram seus amantes e a história a partir do poder da beleza, da inteligência e de seus encantos. Tornaram-se figuras emblemáticas aos seus contemporâneos, participando muitas vezes das decisões que regiam as sociedades de suas épocas. Mulheres não tão conhecidas da história oficial, mas que, a sua maneira, contribuíram para a mudança das artes e dos costumes ao longo dos séculos. Relatos divertidos e curiosos permeiam o curso, sem perder a profundidade do conteúdo histórico, desde o início da era moderna até a contemporânea.

    Investimento:

    Até 08.01: R$ 320,00 ou 6 X R$ 53,33

    A partir de 09.01: R$ 384,00 ou 6 X 64,00

    Tânia Bian e Angela Wolf
    Tânia Bian e Angela Wolf são reconhecidas por ministrar cursos sobre História da Arte e por organizar viagens culturais aos principais museus de Arte da Europa e do Oriente. O entusiasmo e a paixão pela história “não-oficial” são características marcantes que, unidas ao conhecimento dos detalhes mais íntimos da História da Arte, definem o perfil das professoras.

    Período: Dias 12 e 13.01 ( 2 encontros )

    Dia: Terça e Quarta

    Horário: das 19h30 às 21h30

  10. História do Mobiliário

    História do Mobiliário

    Sem estoque

    A partir do momento em que o homem deixou de ser nômade e passou a fixar moradia, passou também a desenvolver itens e peças que pudessem propiciar conforto e atendessem a uma determinada função. Assim como a arquitetura e a arte, a história do mobiliário nos conta sobre hábitos, costumes, desenvolvimento de técnicas e uso de materiais, além do referencial estético de cada época. O curso apresenta a trajetória evolutiva do mobiliário, subsidiando a análise crítica e cultural dos estilos que nos influenciaram e encantaram ao longo dos tempos.

    Investimento:

    Até 18.03: R$ 480,00 ou 6 X R$ 80,00

    A partir de 19.03: R$ 576,00 ou 6 X R$ 96,00

    Tânia Bian e Angela Wolf
    Tânia Bian e Angela Wolf são reconhecidas por ministrar cursos sobre História da Arte e por organizar viagens culturais aos principais museus de Arte da Europa e do Oriente. O entusiasmo e a paixão pela história “não-oficial” são características marcantes que, unidas ao conhecimento dos detalhes mais íntimos da História da Arte, definem o perfil das professoras.

    Período: de 01 a 15.04 ( 3 encontros, um a cada semana )

    Dia: sextas-feiras

    Horário: das 18h às 20h