Mais Imagens

A sociedade aberta: estrutura e desafios contemporâneos

Luis Fernando Barzotto
Possui doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo e graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é professor da Faculdade de Direito Universidade Federal do Rio Grande do Sul e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito - PPGDir./UFRGS. Ênfase na área de Filosofia do Direito.
Informações do Curso

Details:

Partimos do conceito de sociedade aberta, originado na obra do filósofo Karl Popper, para pensarmos sobre a forma como nos organizamos na atualidade. A sociedade aberta designa o tipo de sociedade em que o ser humano é reconhecido como pessoa e, para que este reconhecimento seja efetivo, a sociedade estrutura-se em instituições que formam quatro grandes esferas da liberdade social: sociedade civil, democracia, Estado de Direito e mercado. Vamos debater as três ideologias que no mundo contemporâneo se associam à sociedade aberta - o conservadorismo democrático, a social-democracia e o liberalismo democrático –, assim como aquelas que se encontram na outra extremidade – o autoritarismo, o neoliberalismo, o populismo e neoesquerdismo


Investimento:


Até 24.05: R$ 480,00 ou 6 X R$ 80,00


A partir de 25.05: R$ 576,00 ou 6 X R$ 96,00

Período: de 07 a 21.06 ( 3 encontros, um a cada semana )

Dia: terças-feiras

Horário: das 19h30 às 21h30

Encontros

07.06

A sociedade aberta, a sociedade fechada e a sociedade líquida

14.06

A sociedade aberta e seus amigos: o liberalismo democrático, a social-democracia e o conservadorismo democrático

21.06

A sociedade aberta e seus inimigos: o autoritarismo, o neoliberalismo, o populismo e o neoesquerdismo