Mais Imagens

Ética: entre os modernos, os contemporâneos e as ciências cognitivas

Adriano Naves de Brito
Doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, com estágio doutoral na Universidade de Bielefeld, Alemanha, país em que também cumpriu estágio pós-doutoral, na Universidade de Tübingen. Em 2014, foi professor visitante na Escola de Estudo Avançado da Universidade de Londres. Coordena o grupo de pesquisa "Chiron: ética, linguagem e natureza humana”, na Unisinos. Entre outras obras, publicou "Nomes Próprios: Semântica e Ontologia" e "Ética: questões de fundamentação", pela UnB. Em parceria, organizou "Ecos de Darwin", publicado pela Editora Unisinos. Decano da Escola de Humanidades da Unisinos.
Informações do Curso

Details:

A ética é tema corrente em qualquer época, já que, como animais sociais que somos, dependemos, para uma vida satisfatória, de uma boa interação com os outros. Valores desempenham um papel central nas interações sociais e, num mundo plural como o contemporâneo, a diversidade deles desafia a compreensão do fenômeno da moralidade entre os humanos. O curso visa buscar na filosofia moderna, sobretudo em Kant e Hume, as raízes da concepção contemporânea da ética e a confrontar essas concepções com o conhecimento que as ciências cognitivas têm produzido sobre a Natureza Humana, ou, em outros termos, sobre o que é o homem.

Período: de 03.11 a 15.12

Dia: segundas-feiras ( 7 encontros )

Horário: das 19h30min às 21h30min

investimento:
R$ 910,00

Encontros

03.11 Introdução à ética
10.11 Teoria do valor e teoria da ação
17.11 Kant
24.11 Hume
01.12 Ética na filosofia contemporânea, uma visão em sobrevôo
08.12 Ética e Natureza Humana: aportes das ciências cognitivas
15.12 Ética e Natureza Humana: aportes das ciências cognitivas