Programação Cultural

  1. Antonio Adolfo

    09/03
    Antonio Adolfo

    Pianista, arranjador, produtor e educador Antonio Adolfo cresceu em uma família musical no Rio de Janeiro e aos dezessete anos já era músico profissional. Durante a década de 60, a partir de sua estréia com Carlos Lyra (Pobre menina rica), no Teatro de Bolso e com Leny Andrade, no Beco das Garrafas, atuou com seu próprio trio, 3D, e participou de diversos shows de Bossa Nova e Jazz no Brasil. Excursionou com grandes cantores e cantoras, como Leny Andrade, Carlos Lyra, Flora Purim, Wilson Simonal, Elis Regina e Milton Nascimento. Adolfo compôs músicas como “Sá Marina”, “Teletema”, “Juliana” e “BR 3”, que ganharam grandes proporções e foram gravadas por diversos artistas como Sergio Mendes, Stevie Wonder, Herb Alpert, Earl Klugh e Dionne Warwick.

    Foi vencedor, juntamente com seu parceiro Tiberio Gaspar, do Festival Internacional da Canção (Rio de Janeiro e Atenas) em 1970. Como músico, arranjador e produtor musical, lançou mais de 25 álbuns sob o seu nome. Como educador, tem sido pioneiro no ensino da música popular brasileira ao redor do mundo. É autor de nove livros no Brasil e no exterior. Em 1985 criou sua própria escola no Rio de Janeiro, o Centro Musical Antonio Adolfo, que acaba de completar 30 anos de existência, atendendo hoje mais de 1.300 alunos. Recebeu por duas vezes o Prêmio Sharp de Música Brasileira. Seus trabalhos mais recentes foram lançados simultaneamente no Brasil e no exterior. Participação especial: Lula Galvão (violão e guitarra).

    Neste show, Antonio apresenta composições próprias, standards da música brasileira e do jazz e músicas de Ernesto Nazareth e Pixinguinha.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 09/03

    Duração: 60 minutos

    Dias: Quinta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00

  2. TATADIOS

    16/03
    TATADIOS

    Grupo argentino formado em Buenos Aires, em 2007, com um repertório instrumental formado integralmente por composições próprias, com um enfoque livre, pessoal e atual sobre a música popular argentina. O grupo realizou giras pelo interior da Argentina, Uruguai, Brasil, França e Holanda, tendo participado de festivais tais como na sétima edição do Encuentro Internacional de Músicos Jazz a la Calle, em Mercedes – Uruguai, no Festival Internacional Jazz de Buenos Aires e no Festival Mundial de Tango, também em Buenos Aires.

    Com dois discos lançados, o quarteto está preparando material para seu terceiro disco, em meio a inúmeros shows pela Argentina. É formado por Martín Sued (bandoneon, composição e direção), Alan Plachta (guitarra), Juan Bayon (contrabaixo) e Nicolás Gaggero (bateria e percussão), todos músicos com larga experiência na música argentina, que já trabalharam com alguns dos principais nomes de seu país e participado de trilhas para teatro e cinema.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 16/03

    Duração: 60 minutos

    Dias: Quinta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00

  3. Porto Verão Alegre - Segundas Literárias

    Porto Verão Alegre - Segundas Literárias

    O consagrado dramaturgo gaúcho Julio Conte fala sobre suas obras ilustradas com leituras dramáticas de cenas que marcaram sua carreira.

    ENTRADA FRANCA!

    As senhas serão distribuídas, por ordem de chegada, 30 minutos antes do início até a lotação da sala (89 lugares).

    Data de Início: 16/01

    Duração: 1h30

    Dias: Segunda-feira

    Hórario: 19h30

    Valor: R$ 0,00

  4. Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo

    Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo

    Nos dias 08 e 09 de novembro, a Muovere Cia de Dança Contemporânea promove o Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo, no Instituto Ling. A atividade integra o projeto Webcoreô, vencedor do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014, que também inclui um espetáculo que estreia no dia 16 de novembro, em comemoração aos 27 anos do grupo.

    O seminário traz a Porto Alegre a Profa. Dra. Ivani Santana (UFBA), principal referência no Brasil na pesquisa em dança com mediação tecnológica, para discutir sobre as relações entre criação artística, tecnologia e corpo. Serão dois dias de palestras e debates com Ivani, fomentando um espaço de discussão e trocas entre comunidade artística, acadêmica e interessados em temas da atualidade. A palestrante trará um panorama sobre a dança com mediação tecnológica, com ênfase em processos de criação via internet.

    Destinado a estudantes, profissionais e pesquisadores da dança, teatro, artes visuais e comunicação, além de público em geral, o seminário ocorrerá nos dois dias das 14h às 18h e fornecerá certificado aos participantes.

    As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas através do email muovereciadedanca@gmail.com.

    Outras informações: facebook.com/MuovereCiadeDancaContemporanea

    Data de Início: 08/11

    Duração: 08 horas

    Dias: 08 e 09/11/2016

    Hórario: 14h às 18h

    Valor: R$ 0,00

  5. Sessão Lança Filmes e ACCIRS de Cinema - Xico Stockinger

    Sessão Lança Filmes e ACCIRS de Cinema - Xico Stockinger

    Um retrato íntimo, mostrando a metodologia do trabalho do artista Xico Stockinger, que se tornou um dos maiores escultores brasileiros, sua história de vida e obras, até seu falecimento em 2009.

    Imigrante austríaco pós I Guerra Mundial, naturalizado brasileiro e com um sonho frustrado de se tornar aviador, Xico criou um estilo próprio baseado na fusão de bronze, utilizando material reaproveitado, às vezes tendo que destruir suas obras para criar novas. Ele uniu técnica e força dentro de uma profusão de texturas e uma economia de cores, sem igual.

    O próprio Xico Stockinger (1919 – 2009) conduz o filme falando sobre sua obra, seu processo criativo, os lugares que fizeram parte de sua formação e seu ambiente de trabalho.

    Após a exibição do filme, ocorre um debate com profissionais da área.

    Debatedores:

    José Francisco Alves: Doutor em História da Arte, autor de curadorias e livros sobre a vida e obra de artistas como Amilcar de Castro e XicoStockinger. Curador-Chefe do MARGS, entre 2011 e 2013. Tem publicado artigos em jornais e revistas, no Brasil e exterior. Membro do ICOM, ABCA, e professor de Escultura no Atelier Livre Xico Stockinger desde 2000.

    Eloísa Tregnago: Graduada em Letras pela UCS e escultora. Estudou desenho com João Bez Batti entre 1981 a 1983. Mudou- se para Porto Alegre em 1985 e freqüentou as aulas de modelagem e escultura com Vasco Prado e Xico Stockinger.  Recebeu orientação em desenho de Plínio Bernhard e Patrício Farias e de Danúbio Gonçalves em gravura. Trabalha desde 1987 no Atelier Vila Nova, de Xico Stockinger, com pedra e bronze.

    Mediação: 

    Fatimarlei Lunardelli: 
    Jornalista, professora e crítica de cinema. Formada pela UFRGS, tem mestrado e doutorado em cinema pela USP. É autora dos livros Ô psit! O cinema popular dos Trapalhões (1996), Quando éramos jovens: história do Clube de Cinema de Porto Alegre (2000) e A Crítica de Cinema em Porto Alegre na década de 1960 (2008).

    Mônica Kanitz: Formada em jonalismo pela UFRGS atua como editora de cultura no jornal Metro Porto Alegre e como programadora da Cinemateca Paulo Amorim. Atualmente é vice-presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (ACCIRS).

    Data de Início: 06/12

    Duração: 86 minutos

    Dias: Terça-feira

    Hórario: 19h

    Valor: R$ 20,00

  6. Choking

    Choking

    Espetáculo de dança atravessado por interfaces digitais e criado a partir de questionamentos sobre as relações estabelecidas entre realidade e ficção na interação cotidiana com a internet. Choking apresenta um conjunto de peças coreográficas que dialogam sobre noções de violência, movimento, sincronismo e anacronismo, perpassando o referencial imagético e sensível criado pela Cia Muovere ao longo de seus 27 anos.

    Choking é resultado do Projeto WebCoreografia, financiado pelo Prêmio Klauss Vianna de Dança 2014 (FUNARTE/MINC).

    O espetáculo tem entrada franca e as senhas começam a ser distribuídas 30 minutos antes da apresentação, até a lotação do auditório (82 lugares).

    Foto: Cristina Lima

    Data de Início: 18/11

    Duração: 40 minutos

    Dias: Sexta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 0,00

  7. Choking

    Choking

    Espetáculo de dança atravessado por interfaces digitais e criado a partir de questionamentos sobre as relações estabelecidas entre realidade e ficção na interação cotidiana com a internet. Choking apresenta um conjunto de peças coreográficas que dialogam sobre noções de violência, movimento, sincronismo e anacronismo, perpassando o referencial imagético e sensível criado pela Cia Muovere ao longo de seus 27 anos.

    Choking é resultado do Projeto WebCoreografia, financiado pelo Prêmio Klauss Vianna de Dança 2014 (FUNARTE/MINC).

    O espetáculo tem entrada franca e as senhas começam a ser distribuídas 30 minutos antes da apresentação, até a lotação do auditório (82 lugares).

    Foto: Cristina Lima

    Data de Início: 19/11

    Duração: 40 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 17h

    Valor: R$ 0,00

  8. Choking

    Choking

    Espetáculo de dança atravessado por interfaces digitais e criado a partir de questionamentos sobre as relações estabelecidas entre realidade e ficção na interação cotidiana com a internet. Choking apresenta um conjunto de peças coreográficas que dialogam sobre noções de violência, movimento, sincronismo e anacronismo, perpassando o referencial imagético e sensível criado pela Cia Muovere ao longo de seus 27 anos.

    Choking é resultado do Projeto WebCoreografia, financiado pelo Prêmio Klauss Vianna de Dança 2014 (FUNARTE/MINC).

    O espetáculo tem entrada franca e as senhas começam a ser distribuídas 30 minutos antes da apresentação, até a lotação do auditório (82 lugares).

    Foto: Cristina Lima

    Data de Início: 19/11

    Duração: 40 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 19h

    Valor: R$ 0,00

  9. Choking

    Choking

    Espetáculo de dança atravessado por interfaces digitais e criado a partir de questionamentos sobre as relações estabelecidas entre realidade e ficção na interação cotidiana com a internet. Choking apresenta um conjunto de peças coreográficas que dialogam sobre noções de violência, movimento, sincronismo e anacronismo, perpassando o referencial imagético e sensível criado pela Cia Muovere ao longo de seus 27 anos.

    Choking é resultado do Projeto WebCoreografia, financiado pelo Prêmio Klauss Vianna de Dança 2014 (FUNARTE/MINC).

    O espetáculo tem entrada franca e as senhas começam a ser distribuídas 30 minutos antes da apresentação, até a lotação do auditório (80 lugares).

    Foto: Cristina Lima

    Data de Início: 20/11

    Duração: 40 minutos

    Dias: Domingo

    Hórario: 17h

    Valor: R$ 0,00

  10. WILSON DAS NEVES & MAÍRA FREITAS

    WILSON DAS NEVES & MAÍRA FREITAS

    Encontro de gerações com o grande cantor, compositor, ator e baterista ao lado da pianista, cantora e arranjadora revelação da nova música brasileira. No repertório, Wilson (voz) e Maíra (voz e piano) desfilam clássicos do samba e sucesso de seus repertórios individuais num duo intimista, charmoso e bem humorado.

    Wilson das Neves é um baterista-referência com mais de oitocentas gravações registradas, que vão de trabalhos com Roberto Carlos, Wilson Simonal, Chico Buarque, Sarah Vaughan, Michel Legrande e Sean Lennon, entre inúmeros outros. Integrante da Orquestra Imperial e Ipanemas, já gravou quatro discos como bandleader, com inúmeros prêmios. Com 62 anos de carreira e 80 anos de idade, é um verdadeiro patrimônio da música brasileira.

    Pianista, cantora e arranjadora formada pela Escola de Música da UFRJ, Maíra Freitas possui uma extensa carreira como pianista erudita e, ultimamente, pela música popular. Filha de Martinho da Vila, participou de inúmeros festivais de música, cursos e máster classes, concursos de piano no Brasil e exterior e esteve a frente de diversas orquestras de grande importância. Em 2011, lançou seu primeiro disco de música popular, Maíra Freitas, lançado pela gravadora Biscoito Fino e produzido por sua irmã Martinália. Em 2015, lançou seu segundo disco, Piano e Batucada, produzido por Sacha Amback. Com seu trabalho de música popular, tem se apresentado pelo mundo, sempre com grande sucesso.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 24/11

    Duração: 60 minutos

    Dias: Quinta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00