Programação Cultural

  1. Musicalização infantil | 07.10.2017 - 10h30

    Musicalização infantil | 07.10.2017 - 10h30

    Sem estoque

    Uma vivência musical através de jogos que exploram diversos parâmetros sonoros tais como intensidades, alturas, durações e timbres. Experimentação de diferentes ritmos, criação de melodias inusitadas, exploração de instrumentos musicais e execução de músicas ao vivo são atividades propostas nesta oficina.

    A oficina é voltada para crianças de 03 a 07 anos.

    Data de Início: 07/10

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 10h30

    Valor: R$ 50,00

  2. Julie Byrne | 21.10.2017 - 19h

    Julie Byrne | 21.10.2017 - 19h

    Sem estoque

    Às vezes pode demorar anos para você achar a sua vocação. Mas esse nāo foi o caso de Julie Byrne, cujo poder de expressāo lírica e espírito musical sāo inatos. Muitas vezes, o que vem naturalmente nāo pode ser dirigido pelo tempo ou velocidade. O seu segundo disco, Not Even Happiness, evoluiu em seu próprio ritmo, abrangendo lembranças de movimentados restaurantes de beira de estrada, as estrelas sobre o deserto, o dolorido cansaço das mudanças, as flores silvestres da costa da Califórnia e os insolúveis mistérios do amor. O último disco reforça o folk sentimental e atmosférico que alimenta a obra da musicista, já trazido em seu outro álbum. Suas canções flutuam entre o folk melancólico da década de 1970 e o dream pop produzido nos anos 1990 e 2000. Julie Byrne reúne um universo de confissões apaixonadas, recordações amargas e sussurros intimistas que se conectam diretamente com o ouvinte, sutilmente conduzido para dentro desse cenário dominado por lembranças, amores e desilusões.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 21/10

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 19h

    Valor: R$ 40,00

  3. Um verdadeiro cowboy | 22.09.2017 - 20h

    Um verdadeiro cowboy | 22.09.2017 - 20h

    Sem estoque

    UM VERDADEIRO COWBOY é simplesmente irresistível. O texto, construído impecavelmente por Marília Samper, é um drama absurdamente envolvente, que oferece ao público temas como a velhice e a morte abordados de maneira poética, sensível, cômica e comovente. A peça de Marília alterna entre momentos dramáticos e momentos da mais desbragada e delirante fantasia. Intercala situações absurdas que provocam deliciosos momentos de comicidade, francamente risíveis, e situações carregadas do mais profundo sentimento humano. O espetáculo, dirigido pela premiadíssima Liane Venturella, é todo centrado no trabalho do ator e busca o envolvimento total e a identificação do espectador.

    UM VERDADEIRO COWBOY traz ao palco um velho (Roberto Oliveira) que acaba de perder sua esposa e antevê a sua própria solidão e abandono. Sua filha (Elisa Heidrich) aparece algumas vezes para cuidá-lo, evidenciando uma relação altamente conflituosa e problemática (refletindo a rede das relações humanas). Quando o velho se encontra no ápice da sua solidão e lhe parece sobre-humana a dificuldade de continuar vivendo, aparece na sua frente uma figura fantástica: o cowboy John Wayne (Lucas Sampaio). Esta possibilidade de escapar pela via da fantasia, traz vida ao velho, e enche a montagem de leveza e comicidade. A peça aborda, de forma tocante e agradável, temas tão difíceis como a velhice e a morte.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 22/09

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sexta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00

  4. Um verdadeiro cowboy | 23.09.2017 - 18h30

    Um verdadeiro cowboy | 23.09.2017 - 18h30

    Sem estoque

    UM VERDADEIRO COWBOY é simplesmente irresistível. O texto, construído impecavelmente por Marília Samper, é um drama absurdamente envolvente, que oferece ao público temas como a velhice e a morte abordados de maneira poética, sensível, cômica e comovente. A peça de Marília alterna entre momentos dramáticos e momentos da mais desbragada e delirante fantasia. Intercala situações absurdas que provocam deliciosos momentos de comicidade, francamente risíveis, e situações carregadas do mais profundo sentimento humano. O espetáculo, dirigido pela premiadíssima Liane Venturella, é todo centrado no trabalho do ator e busca o envolvimento total e a identificação do espectador.

    UM VERDADEIRO COWBOY traz ao palco um velho (Roberto Oliveira) que acaba de perder sua esposa e antevê a sua própria solidão e abandono. Sua filha (Elisa Heidrich) aparece algumas vezes para cuidá-lo, evidenciando uma relação altamente conflituosa e problemática (refletindo a rede das relações humanas). Quando o velho se encontra no ápice da sua solidão e lhe parece sobre-humana a dificuldade de continuar vivendo, aparece na sua frente uma figura fantástica: o cowboy John Wayne (Lucas Sampaio). Esta possibilidade de escapar pela via da fantasia, traz vida ao velho, e enche a montagem de leveza e comicidade. A peça aborda, de forma tocante e agradável, temas tão difíceis como a velhice e a morte.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 23/09

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 18h30

    Valor: R$ 40,00

  5. Um verdadeiro cowboy | 23.09.2017 - 20h

    Um verdadeiro cowboy | 23.09.2017 - 20h

    Sem estoque

    UM VERDADEIRO COWBOY é simplesmente irresistível. O texto, construído impecavelmente por Marília Samper, é um drama absurdamente envolvente, que oferece ao público temas como a velhice e a morte abordados de maneira poética, sensível, cômica e comovente. A peça de Marília alterna entre momentos dramáticos e momentos da mais desbragada e delirante fantasia. Intercala situações absurdas que provocam deliciosos momentos de comicidade, francamente risíveis, e situações carregadas do mais profundo sentimento humano. O espetáculo, dirigido pela premiadíssima Liane Venturella, é todo centrado no trabalho do ator e busca o envolvimento total e a identificação do espectador.

    UM VERDADEIRO COWBOY traz ao palco um velho (Roberto Oliveira) que acaba de perder sua esposa e antevê a sua própria solidão e abandono. Sua filha (Elisa Heidrich) aparece algumas vezes para cuidá-lo, evidenciando uma relação altamente conflituosa e problemática (refletindo a rede das relações humanas). Quando o velho se encontra no ápice da sua solidão e lhe parece sobre-humana a dificuldade de continuar vivendo, aparece na sua frente uma figura fantástica: o cowboy John Wayne (Lucas Sampaio). Esta possibilidade de escapar pela via da fantasia, traz vida ao velho, e enche a montagem de leveza e comicidade. A peça aborda, de forma tocante e agradável, temas tão difíceis como a velhice e a morte.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Data de Início: 23/09

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00

  6. Era uma vez... Broadway - Backstage dreams | 29.09.2017 - 20h

    Era uma vez... Broadway - Backstage dreams | 29.09.2017 - 20h

    Sem estoque

    Era Uma Vez… Broadway retorna com Backstage Dreams, um olhar intimista que revela os mais diversos personagens de musicais. Interpretados por Gabrielle Fleck ao som de piano e percussão, a plateia é convidada a compartilhar os sonhos dos bastidores que motivam a paixão pela arte.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Apoio: Grupo Zaffari

    Data de Início: 29/09

    Duração: 1h20

    Dias: Sexta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00

  7. Era uma vez... Broadway - Backstage dreams | 30.09.2017 - 19h

    Era uma vez... Broadway - Backstage dreams | 30.09.2017 - 19h

    Era Uma Vez… Broadway retorna com Backstage Dreams, um olhar intimista que revela os mais diversos personagens de musicais. Interpretados por Gabrielle Fleck ao som de piano e percussão, a plateia é convidada a compartilhar os sonhos dos bastidores que motivam a paixão pela arte.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Apoio: Grupo Zaffari

    Data de Início: 30/09

    Duração: 1h20

    Dias: Sábado

    Hórario: 19h

    Valor: R$ 40,00

  8. Festival Cultura em Miniciclos - Filosofia e videogames | 04, 05 e 06.10.2017 - 19h30

    Festival Cultura em Miniciclos - Filosofia e videogames | 04, 05 e 06.10.2017 - 19h30

    Sem estoque

    Longe das suas raízes nos fliperamas, os games presenciaram um amadurecimento incrível ao longo do último meio século. A qualidade, a profundidade, a interatividade e a ubiquidade dos games atuais os tornam um veículo poderoso para a exploração de novas ideias, principalmente entre as gerações mais novas. Pesquisas acadêmicas recentes atestam a força do game na formação de cultura na era digital, entre diversos públicos e camadas culturais. No Brasil, o game virou o produto cultural mais frequentemente exportado, com centenas de empresas desenvolvedoras e muitos títulos que atingem milhões de unidades vendidas mundialmente. É considerado um dos países com a maior cultura gamer do mundo.

    Entrando nesse universo, o próximo Cultura em Miniciclos, dias 04, 05 e 06 de outubro, com curadoria de Christopher  Kastensmidt e as participações de Israel Mendes, Suely Fragoso e Saulo Camarotti e Lucas Krug - que fará o tradicional stand-up comedy de encerramento do miniciclo – traz uma série de questões: o saldo desta influência cultural é positivo ou negativo? Qual é o lugar do game nas nossas vidas e na nossa sociedade? Como podemos melhor aproveitar o poder da narrativa interativa em nosso país? Aqui em Porto Alegre, no inovador projeto da LIGA Produção Cultural, os  palestrantes debaterão "games e filosofia": o lugar do game na nossa sociedade e seu potencial para propagar ideias.

    Sobre os participantes:

    Christopher Kastensmidt / curador

    Roteirista norte-americano radicado em Porto Alegre desde 2001. Participou da criação de trinta games, totalizando milhões de unidades vendidas, e chegou a ser Diretor Criativo da Ubisoft Brasil. É roteirista principal do desenho animado Starlit Adventures (em produção). Também é autor de livros, contos e quadrinhos publicados em vários idiomas. Sua obra mais conhecida é o mundo ficcional A Bandeira do Elefante e da Arara, cujas histórias renderam para ele uma indicação para prestigioso Prêmio Nebula (EUA). Leciona na UniRitter, nos cursos de jogos digitais e letras.

    Israel Mendes / palestrante 

    É gaúcho, tem 39 anos e é formado em Comunicação Social pela PUC-RS. Possui 19 anos de experiência profissional, tendo trabalhado como redator publicitário nas principais agências de propaganda do Rio Grande do Sul. Em 2007 tornou-se sócio da Aquiris Game Studio, onde hoje é Diretor de Comunicação e Marketing. Foi Fundador e Vice-Presidente da Associação dos Desenvolvedores de Jogos do Rio Grande do Sul (ADJogosRS) na gestão 2012-2014. Estudou Filosofia durante dois anos e tornou-se Mestre em Escrita Criativa na PUC-RS em 2016. Em literatura, possui dois livros publicados: Menino Perplexo e Farelos Poéticos, além de ter participado da antologia Coletânea de Poesia Gaúcha Contemporânea em 2013. Interessa-se por literatura, rap, poesia, filosofia, tipografia, design, games, puzzles, brinquedos.

    Suely Fragoso / debatedora

    Professora e Pesquisadora dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação e Informação e em Design da UFRGS. Pesquisadora do CNPq. Coordenadora do Laboratório de Artefatos Digitais da UFRGS. Obteve seu Ph.D no Institute of Communication Studies da University of Leeds, Inglaterra, em 1998, com a proposta de um game para desenvolvimento da alfabetidade em linguagens audiovisuais. Outros títulos: Mestra em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e Arquiteta pela USP.

    Saulo Camarotti/ debatedor

    Formado em Ciência da Computação pela Universidade de Brasília, pós-graduado em Jogos Digitais no IESB-DF, e Professor Filósofo da Nova Acrópole, Saulo Camarotto é co-fundador da Behold Studios, criadora dos premiados Knights of Pen & Paper e Chroma Squad. Com mais de 50 prêmios e nomeações internacionais, os jogos do estúdio atingiriam ultrapassaram os dois milhões de jogadores por todo o mundo, em jogos principalmente para Mobile e PC. Atualmente, Saulo é Diretor Regional do Centro-Oeste da Abragames, responsável pelo BRING - Mostra Brasiliense de Indie Games e produtor de jogos e diretor criativo na Behold Studios.

    Lucas Krug / Stand-up comedy

    Ator, cantor e humorista, fez parte do Programa do Gugu no quadro Escolinha do Gugu e integrou os espetáculos Primeiro as Damas, Lupi o Musical, Radio Antenorio, Romeu e Julieta, entre outros. Atualmente dirige a Cia de Teatro Menino Tambor, com foco em musicais, e atua no espetáculo de humor Lucas Krug - Fazendo Tipo. Para a apresentação, foram convidados os atores Léo Ritter e Gio Lisboa, participação por meio do edital do Festival.

    A ENTRADA É FRANCA. AS INSCRIÇÕES DEVEM SER FEITAS NESTE LINK.

    Data de Início: 04/10

    Duração: 1h30

    Dias: Quarta, quinta e sexta-feira

    Hórario: 19h30

    Valor: R$ 0,00

  9. Brincando de teatro | 07.10.2017 - 10h30

    Brincando de teatro | 07.10.2017 - 10h30

    Sem estoque

    A proposta desta oficina é apresentar alguns princípios básicos do teatro. As crianças são convidadas a experimentar brincadeiras, a maioria de conhecimento popular, com um enfoque nos princípios do teatro. O objetivo é desenvolver o sentido de tempo, espaço, jogo e improvisação.

    A oficina é voltada para crianças de 07 a 12 anos.

    Data de Início: 07/10

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 10h30

    Valor: R$ 50,00

  10. Alan Smith

    Alan Smith

    Sem estoque

    Doutor em violoncello pela Universidade do Texas em Austin, estudou com George Neikrug, Adolphe Frezin e Horace Britt alem de ter participado de master classes com Leonard Rose e Andre Navarra. Como ganhador de diversas competições, ele se apresentou como solista por todos EUA e Coréia do Sul. Também esteve sob as batutas de maestros como Igor Stravinsky e Aaron Copland. Suas apresentações solo e como camerista, além de ministrante de master classes e jurado de competições de violoncello, o levaram aos principais palcos dos EUA, Canadá, México, Coréia do Sul, Taiwan e China. Em 2001, ele foi jurado no “The Leonard Rose International Cello Competition” em Washington, DC. Já foi professor das seguintes universidades: University of North Carolina/Chapel Hill, Bowling Green State University (OH), Oberlin College Conservatory e the University of Arizona. Muitos dos seus alunos estão em grandes orquestras dos EUA e também foram ganhadores de importantes competições para instrumentos de corda. “The Guarneri Duo”, com Vasile Beluska, Violino, lançou 2 CDs de piano trios (Haydn, Brahms, e outras seleções em 2004; e Tchaikovsky e Haydn em 2012). Ele também já gravou para Mutual, Columbia, Access e ASUC records e fez aparições em rádio e televisão nos EUA e Ásia. Como regente, esteve à frente da Orquestra Sinfônica de Bowling Green, em Ohio, além de outras orquestras.

    Ocupação total: 89 lugares

    Meia-Entrada: 35 lugares

    Lei Federal nº 12.933, de 26/12/2013

    Decreto Federal nº 8.537, de 05/10/2015

    Alan Smith realizará uma Masterclass no auditório do Instituto Ling no dia 13.05, às 11h. As inscrições são gratuitas e limitadas. Para participar envie um e-mail para educativo@institutoling.org.br.

     

    Data de Início: 13/05

    Duração: 60 minutos

    Dias: Sábado

    Hórario: 17h

    Valor: R$ 40,00