Humanidades

  1. Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo

    Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo

    Nos dias 08 e 09 de novembro, a Muovere Cia de Dança Contemporânea promove o Seminário Conversas sobre Tecnologia, Dança e Corpo, no Instituto Ling. A atividade integra o projeto Webcoreô, vencedor do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014, que também inclui um espetáculo que estreia no dia 16 de novembro, em comemoração aos 27 anos do grupo.

    O seminário traz a Porto Alegre a Profa. Dra. Ivani Santana (UFBA), principal referência no Brasil na pesquisa em dança com mediação tecnológica, para discutir sobre as relações entre criação artística, tecnologia e corpo. Serão dois dias de palestras e debates com Ivani, fomentando um espaço de discussão e trocas entre comunidade artística, acadêmica e interessados em temas da atualidade. A palestrante trará um panorama sobre a dança com mediação tecnológica, com ênfase em processos de criação via internet.

    Destinado a estudantes, profissionais e pesquisadores da dança, teatro, artes visuais e comunicação, além de público em geral, o seminário ocorrerá nos dois dias das 14h às 18h e fornecerá certificado aos participantes.

    As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas através do email muovereciadedanca@gmail.com.

    Outras informações: facebook.com/MuovereCiadeDancaContemporanea

    Data de Início: 08/11

    Duração: 08 horas

    Dias: 08 e 09/11/2016

    Hórario: 14h às 18h

    Valor: R$ 0,00

  2. 18º Encontro de Violoncelos RS - Palestra Neurociências e Performance Musical

    18º Encontro de Violoncelos RS - Palestra Neurociências e Performance Musical

    Atividade que integra a programação oficial do 18º Encontro de Violoncelos RS, a palestra “Neurociências e Performance Musical” apresenta e fomenta a discussão acerca das contribuições das Neurociências na construção da Performance Musical, com especial atenção ao cérebro dos violoncelistas e instrumentistas de cordas. Busca-se contemplar a complexidade da manifestação musical, articulando saberes e práticas interdisciplinares intrínsecos ao desenvolvimento cognitivo e o contexto sociocultural. Conhecimentos neurocientíficos têm muito a enriquecer a pedagogia da Performance. Expressar-se através da música inclui a capacidade de poder interpretar ou criar a sua versão para uma obra, imprimindo um caráter pessoal e transmitindo algo de si mesmo ao ouvinte. Da produção à recepção, existe um longo caminho, cujo objetivo principal, conscientemente ou não, é a aquisição de técnica em busca da expressividade do discurso musical, elemento refletido no fenômeno performático. É sabido que a prática deliberada é parte fundamental na concepção da performance, porém, o que se defende, é que essa prática evite a repetição mecanicista e inexpressiva, tão comuns no estudo do instrumento e da voz. A plasticidade cerebral reage a estímulos de diversas naturezas, sejam eles motores, sejam puramente mentais, no que o fazer musical possui extraordinário impacto. 

    Ministrante:

    Luciane Cuervo é professora do Departamento de Música da UFRGS, recentemente realizou estudos sobre musicalidade humana na University College of London com o Dr. Graham Welch, como pesquisadora honorária visitante. Vice-líder do EDUCAMUS – Grupo de Estudos e Pesquisa em Música e Educação (PPGEDU/UFRGS; CNpq), coordenou o projeto interdisciplinar “Articulações entre Música, Educação e Neurociências: propostas para Ensino Superior” (PROPESQ/UFRGS), o qual contou com parcerias de pesquisadores das áreas de Música, Educação, Medicina, Fisiologia e Neurociências. Pelo terceiro ano consecutivo, em 2016, foi palestrante convidada da área da música na Semana Nacional do Cérebro, evento mundial que visa popularizar os conhecimentos neurocientíficos para a comunidade. Suas pesquisas em andamento, em caráter interdisciplinar, congregam interesses acerca da cognição musical. Intérprete de música antiga e contemporânea, realizou diversas estreias mundiais de compositores brasileiros, tendo sido indicada ao Prêmio Açorianos na categoria Revelação pelo CD Sonetos de Amor e Morte (FUMPROARTE). 

    Parceria: Instituto Ling e 18º Encontro de Violoncelos RS

    Data de Início: 06/07

    Duração: 90min

    Dias: 06/07/2016

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 10,00

  3. Bloomsday – James Joyce e as Vanguardas

    16/06
    Bloomsday – James Joyce e as Vanguardas

    Bloomsday é uma celebração que acontece, anualmente, em mais de 40 países em homenagem à obra literária “Ulisses” do escritor irlandês James Joyce. O romance narra um único dia da vida de seu personagem principal, Leopold Bloom, o dia 16 de junho de 1904. A comemoração do Bloomsday iniciou-se em 1924 na cidade de Dublin, cenário onde se passa a história, e se espalhou pelo mundo ao longo dos anos.

    No Instituto Ling, o Bloomsday será comemorado com uma programação especial constituída de artes visuais, música e literatura; numa noite dedicada à Joyce e às vanguardas. Ouviremos sons raramente executados, veremos desenhos se desmancharem em água, ilhas flutuantes. Utopias. Delírios. Risos.

    Outra atração do Bloomsday será uma intervenção inédita da artista Elida Tessler na galeria do Instituto Ling, com entrada franca, e visitação apenas no dia 16 de junho de 2016.

    Programa Bloomsday - James Joyce e as Vanguardas

    Ingressos disponíveis  

    Música: Transverso Espectral - Jeancarlo Leismann e Leandro Benites

    JOYCOSIDADES: Donaldo Schüler

    Música: Joquer cidades

    JOYCEUTOPIA: Edson Sousa

    Música: Séries inéditas

    JOYDELÍRIOS: Laura Benites

    Música: Cosmo espectral

    L´IRLANDAIS: DO PUB À BIBLIOTECA: Elida Tessler

    Música: A natureza ama ocultar-se

    Data de Início: 16/06

    Duração: 90 min

    Dias: Quinta-feira

    Hórario: 20h

    Valor: R$ 40,00