Mais Imagens

Oficina de introdução à aquarela

Chana de Moura
Chana de Moura é artista visual e trabalha com arte e educação desde 2012, quando começou a explorar a área através do Projeto Educativo da Fundação Iberê Camargo. Formanda em Artes Visuais pela UFRGS, realiza seu trabalho artístico em diversas mídias, sendo mais recorrente o desenho em técnicas mistas, gravura em metal e objetos. Seus trabalhos já circularam por diversas exposições no Brasil e no mundo, entre mostras coletivas e individuais. Nos últimos anos vem ministrando diversas oficinas e cursos voltados para públicos diversos e também tem figurado em palestras sobre experimentação em arte e fotografia artística.
Informações do Curso

Details:

A partir da apresentação de algumas técnicas em aquarela e nanquim, os participantes poderão experimentar as variações da técnica aguada. Neste curso, vamos explorar texturas, reações, manchas, além de estudos sobre volume e transparência em aquarela. Os participantes também terão um momento de familiarização com materiais, como pincéis e papéis específicos, e suas utilizações. Descobrindo e desbravando o universo fluido que o recurso aguado pode oferecer, serão desenvolvidos trabalhos individuais e coletivos, voltados para o processo criativo de cada um. Não é necessário conhecimento prévio ou experiência no campo das artes. Ao longo dos dois dias, a ministrante levará referências artísticas produzidas a partir das técnicas trabalhadas em aula.


*Os materiais estão inclusos no valor da matrícula.

Período: 16 e 17.01.2018

Dia: Terça e quarta-feira

Horário: das 19h às 22h

investimento:
R$ 200,00

Encontros

16.01

Materiais e técnica de aquarela

Demonstração e produção em técnicas como veladura, aguada sobre aguada, aguada sobre papel seco, aguada sobre papel úmido, sal, álcool, esponja, carimbáveis

Ao final, os participantes realizam uma produção relacionada às técnicas

17.01

Demonstração e experiência de diferentes técnicas, tais como: escova de dente, isolamento de área no papel e nanquim

Os participantes realizam uma produção prática parcialmente dirigida, de acordo com seus interesses criativos